• Prefeitura de Feijó

Com amor e carinho, Prefeitura promove atividades para aqueles que veem o mundo de forma diferente

Atividades e práticas esportivas para as crianças e pessoas com Transtorno do Espectro Autista – TEA acontecem em Feijó em quadra society


Autismo ou Transtorno do Especto Autista - TEA é uma combinação diferente dos genes - pelo menos essa é a possível explicação do autismo, segundo os maiores especialistas no assunto. Mas quem é especialista em carinho sabe que o azul é a cor da imensidão do amor. Assim, a prefeitura de Feijó através da parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (Semcias) promoveu ontem, terça-feira, 5, serviços interdisciplinares de educação inclusiva com atividades alusivas ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo.



Durante o mês de abril a prefeitura vem promovendo inúmeras atividades aos autistas do município com a participação de psicólogos, fonoaudióloga, educadores físicos entre outros, levando informação, conhecimento aos pais e pessoas com autismo 'TEA' e alegria e pleno respeito as diferenças.



Até o momento o governo municipal já atendeu 134 pessoas com atendimentos através de videoconferência com especialistas em neuropedriatra no Hospital Israelita Albert Einstein e também vem realizando ações com práticas esportivas e outras atividades sensoriai.


Avanços para as pessoas com TEA 'Autismo'


A prefeitura na gestão do prefeito Kiefer Cavalcante, vem avançando bastante para permitir e garantir a inclusão de mais pessoas e famílias, na rede de assistência e proteção ao autismo.


Foi elaborado o Projeto do Centro de Tratamento integrado do Espectro Autista, atualmente em fase de licitação para compra de equipamentos e contratação de serviços terapêuticos.


Foi sancionada a lei municipal nº 908/2020 que cria a carteira de identidade do autista; lei municipal nº 909/2020 e a Lei nº 909/2020 que “Institui a Política Municipal de Proteção aos direitos da pessoa no âmbito do Município de Feijó, para garantir condições de direitos e políticas para este público.


Foi obtido em Brasília-DF, recursos na ordem de R$ 500.000,00 (meio milhão de reais) através de emenda da deputada Mara Rocha e da Comissão Permanente da Pessoa com Deficiência na Câmara Federal para criar o centrinho.


Após visita a equipe do Centrim no estado, será implementado um em Feijó, e por isto editou o decreto nº 231 de 10 de dezembro de 2021 criando o Centro de Centro de Atenção à Pessoa Transtorno de Espectro Autista – TEA do município de Feijó.


Por fim, a partir do segundo semestre de 2022, haverá além da rede municipal de saúde, empresas e outras instituições contratadas pela prefeitura para prestar os serviços de atenção à pessoa com TEA com equipe multidisciplinar com pelo menos as especialidades: psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia, nutricionista e educador físico


Galeria de fotos


Galeria de videos









0 comentário