• Prefeitura de Feijó

Prefeitura protocola 3 novos projetos benéficios para valorização dos servidores públicos de Feijó

Atualizado: 16 de fev.

No parlamento, o secretário de administração e recursos humanos de Feijó, Wisley Monteiro, representando o prefeito Kiefer Cavalcante, apresenta três projetos benéficos ao servidor público para apreciação e votação


Nesta segunda-feira, 14, representando o prefeito Kiefer Cavalcante, o Secretario Municipal de Administração e Recursos Humanos, Wisley Monteiro, compareceu ao poder legislativo de Feijó, para entregar e protocolar três projetos de leis (PL) de autoria do poder executivo prevendo a criação do vale-alimentação "ticket" para os servidores e o reajuste para aqueles que já possuem o benefício.


Na política de valorização do servidor do prefeito Kiefer Cavalcante, a Prefeitura de Feijó deu um importante passo neste mês de fevereiro. O projeto, foi entregue pelo secretário Wisley Monteiro nas mãos da presidente da Câmara, vereadora e presidente Berlândia (Dedê) e contempla as Secretarias de Cidadania e Assistência Social, Cras e Creas, Secretaria de Educação e Secretaria de Saúde, e agora aguarda apreciação e a votação na Câmara dos Vereadores. A expectativa do governo municipal é que eles sejam votados até o fim deste mês.


Wisley Monteiro, explica que trata-se de uma pauta positiva apresentada pelo prefeito Kiefer Cavalcante, e que demonstra o carinho da gestão para com o servidor público. "O prefeito desde o início da sua gestão está preocupado em melhorar as condições de vida do servidor do município, seja melhorando benefícios como o vale-alimentação, como também na troca de móveis e equipamentos e reforma de próprios públicos. Hoje, trago ao parlamento três projetos de lei que visa garantir uma dessas melhorias para o servidor, ampliando o valor do ticket alimentação para educação e criando este benefício para saúde e educação" comemorou.


Pelos projetos, a área da educação foi contemplada, alterando o valor do benefício para 500 reais para professores e apoio. Antes os valores eram respetivamente 370 e 270 reais. Para a saúde e assistência social, em ambas os servidores poderão receber 400 reais de beneficio, se o projeto for aprovado pelos vereadores.


A medida vem em um momento em que a renda do trabalhador e da trabalhadora encolheu 10,06% em 2021, quando considerado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.


O secretário Wisley Mnteiro destacou que a Secretaria de Administração tem recebido um retorno positivo da medida pelos trabalhadores. “O que temos recebido de feedback dos servidores é que eles têm demonstrado um sentido de reconhecimento, de que estão tendo suas demandas percebidas e acolhidas pela atual gestão” pontou, e finalizou informando que a medida que reajusta e amplia o auxílio alimentação não foi possível de ser implementada em 2021 em decorrência da lei federal nº 173/2020, que proibia o aumento do gasto com pessoal.


Conheça os projetos de Lei


Projeto de Lei 05/2022

"Dispõe sobre a concessão do auxílio alimentação aos servidores públicos municipais do poder executivo da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social".

Projeto_de_Lei_-_n 05
.pdf
Download PDF • 1.10MB

Projeto de Lei 06/2022

"Alteram os incisos I e II no art. 4º e caput do artigo 9º da Lei Municipal nº 887/2020, e dá outras providências".

Projeto_de_Lei_-n 06
.pdf
Download PDF • 397KB

Projeto de Lei 07/2022

"Dispõe sobre a concessão do auxílio alimentação aos servidores públicos municipais do poder executivo da Secretaria Municipal de Saúde".

Projeto_de_Lei_-_n 07
.pdf
Download PDF • 1.26MB

A vereadora Berlândia (Presidente do Parlamento Feijoense) frisou que o prefeito Kiefer Cavalcante tem trabalho bastante em favor dos servidores e esses projetos demonstram esse cuidado com os trabalhadores. “Nesse momento das consequências da crise econômica vivenciaos pelo Brasil, este vale-alimentação e reajuste dos valores dos mesmos bem como a ampliação do benefício a um número maior de servidores, é um ato importante, uma vez que este trabalhador perdeu em muito seu poder de compra, sem esquecer que esses valores serão injetados na economia da cidade.” comemorou.


No parlamento a vereadora destacou que irá encaminhar o projeto para a avaliação e parecer das comissões competentes e em breve colocar para votação na casa legislativa.

0 comentário