• Prefeitura de Feijó

Prefeitura de Feijó promove 3º Conferência Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde e conjunto com o Conselho Municipal de Saúde, promovem a 3ª Conferência Municipal de Saúde com o tema “Política de Saúde Mental como Direito”, o encontro foi aberto ao público e aconteceu no Salão Paroquial da Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpetuo Socorro.

O encontro tem como foco avaliar as necessidades e promover políticas públicas para área de Saúde no município. O evento, promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, tem a finalidade de avaliar a situação da saúde no município, elaboração de propostas a partir das necessidades de saúde e construção das diretrizes do Plano Municipal de Saúde dos próximos 4 anos (2022-2025).

O prefeito Kiefer Cavalcante (PP) abriu o evento parabenizando a todos os presentes, ao secretário de saúde, Eronildo Oliveira, aos membros do Conselho Municipal de Saúde, e reforçou a importância da Conferência para melhorar a saúde pública do Brasil, do Acre e do município de Feijó. "Os diálogos, as conversas e as tratativas são muito importantes para a comunidade, por isso agradeço a todos vocês que estão aqui hoje. Nosso debate será fundamental para nos nortear na tomada de decisões. Mandato participativo é isso, ouvir da população as sugestões, ideias e críticas que vão nos permitir melhorar, focar no futuro da saúde feijoense. Tenho certeza de que muitas coisas boas serão traçadas nessa Conferência para continuarmos promovendo saúde de qualidade e de respeito para todos” frisou o prefeito.


Finalizando sua fala o prefeito agradeceu ao Padre que cedeu o espaço do salão da Comunidade Paroquial para a realização da 3ª Conferência Municipal de Saúde.

Já o secretário municipal de Saúde, Eronildo Oliveira, destacou que a conferência irá traçar as diretrizes para os próximos 4 anos. “Os avanços que obtivemos até hoje só foram possíveis graças aos servidores da área da saúde, sempre objetivando atender a população com qualidade e humanização. Hoje, vamos traçar diretrizes para os próximos 4 anos, com foco nos reflexos e complicações causadas pela pandemia da covid-19 e ainda para prevenção da dengue, zika e chikungunya e outras doenças” finalizou o secretário.


O evento obedeceu os protocolos da covid-19 e todos os participantes usaram máscara de proteção durante todo o período, e tiveram a disposição álcool 70 e em gel, para higienização das mãos e braços.


Galeria de Fotos


0 comentário