• Prefeitura de Feijó

Prefeitura de Feijó incentiva produção rural com café clonal

A Prefeitura de Feijó, por meio da Secretária Municipal de Agricultura, buscou no último sábado, 09, a primeira carga de mudas de café clonal a pequenos produtores do município.

O caminhão com as mudas percorreu 474,2km de Acrelândia e Feijó. A iniciativa é do prefeito Kiefer Cavalcante, que em seu plano de governo, firmou compromisso com o setor produtivo e a produção rural de Feijó. Inicialmente as mudas de café clonal serão ofertadas gratuitamente e distribuídas aos produtores/agricultores de café feijoense.

O Prefeito Kiefer Cavalcante garantiu que irá estender esse incentivo a fim de fortalecer a agricultura local e aumentar a renda de quem mora na zona rural.


Para o secretário de Agricultura, Francisco Valério da Silveira, mais conhecido como "Chico Severiano", o trabalho não para, e as ações da prefeitura para promover a agricultura de Feijó estão a todo vapor.

Buscamos o carregamento de mudas de café clonal em Acrelândia, município parceiro de Feijó, e essas mudas serão distribuídas para os nossos produtores, incentivando a produção e a geração de emprego e renda. Esse é mais um compromisso do prefeito Kiefer Cavalcante com os produtores feijoenses, que estamos cumprindo, destacou o Secretário.

O projeto conta com apoio da EMBRAPA e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.


Durante reunião, o chefe do executivo, prefeito Kiefer Cavalcante, Diretor da Embrapa no Acre, Eufran Amaral e o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Juarez Leitão, ajustaram os acordos para assinatura do termo de cooperação técnica e da continuidade da parceria com a Embrapa para permanecer apoiando o setor produtivo feijoense.


Sobre a iniciativa do café clonal

O Projeto Café Forte é uma ação da Prefeitura Municipal de Feijó, em parceria com a EMBRAPA e outras Secretarias Municipais, que visa fornecer mudas de café aos agricultores familiares com qualidade, origem e certificadas de lavouras com produtividade comprovada, tanto com sistema de irrigação ou sem irrigação. Constituem-se como beneficiários diretos deste projeto, agricultores familiares do município, que com a implantação deste cultivo e uso da tecnologia trará um aumento de produção e produtividade.

0 comentário