top of page
  • Foto do escritorPrefeitura de Feijó

Feijó e Tarauacá recebem mutirão em neuropediatra

O desenvolvimento infantil é um processo de aprendizado pelo qual as crianças passam para adquirir e aprimorar diversas capacidades de âmbito cognitivo, motor, emocional e social. Ao conquistar determinadas capacidades, a criança passa a apresentar certos comportamentos e ações (como, por exemplo, dizer a primeira palavra ou dar os primeiros passos), que são esperados a partir de cada idade. Com o intuito de acompanhar o desenvolvimento infantil e diminuir a demanda reprimida na fila do Sistema de Regulação Estadual com interface municipal, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre, realizou, neste fim de semana, a segunda edição do Atendimento Multidisciplinar Especializado em Neuropediatra, na Escola Municipal José Augusto de Araújo, em Tarauacá, beneficiando 139 crianças.



O itinerante foi realizado na Regional do Juruá/Tarauacá/Envira e os municípios contemplados foram Tarauacá e Feijó. O mutirão teve por objetivo realizar investigações para transtornos do quadro neurológico, dando ênfase ao Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e epilepsia, trabalhando as terapias multidisciplinares, tais como: Fonoaudiologia, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia e Terapia Ocupacional. Foram realizados 583 atendimentos no total.


De acordo com Rosemary Ruiz, coordenadora da Divisão de Saúde Itinerante Especializada, o mutirão teve o propósito de diminuir as demandas reprimidas e ofertar aos pacientes, atendimento mais próximo de suas casas contando com a regulação de exames. “A nossa finalidade é dar maiores condições de atendimento para os que moram nessas regionais, trazendo a eles uma equipe completa e regulando exames já com a data para Rio Branco ou Cruzeiro do Sul, dando o máximo de conforto às nossas crianças”, destacou a coordenadora.


Para a médica neuropediatra, Cholen Werklaenhg, é importante atender toda a família, conjuntamente, para melhor investigar os transtornos de desenvolvimento. “Nessa ação pudemos atender o máximo de crianças e investigar os diferentes tipos de transtornos de desenvolvimento. Também tivemos rodas de conversas com os pais em conjunto com nossa equipe multidisciplinar”, ressaltou a médica.


A mãe do paciente Henry Mendonça, Angélica Mendonça, falou da importância desse mutirão de atendimentos em seu município. Residente em Feijó, explicou a necessidade de atendimentos especializados para as crianças de sua cidade, onde não há profissionais destas áreas e era necessário ir até a capital ou a Cruzeiro do Sul para ter a possibilidade de consulta. “Todos nós, pais, estamos agradecidos por esses atendimentos próximo ao nosso domicílio. Estamos tendo auxílio de transporte até Tarauacá e, assim, não temos gastos e podemos ter avaliação de várias especialidades de uma só vez para as nossas crianças”, agradeceu Angélica Mendonça.


O mutirão foi realizado com a parceria do Ministério Público do Acre; secretarias municipais de Saúde de Tarauacá e Feijó; Associação da Família e Amigos de Pessoas com Autismo e TDAH; e do Gabinete da vereadora Neirimar Cornélio de Jesus Lima.

0 comentário

Comments


bottom of page